Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

Número total de visualizações de página

sábado, 13 de abril de 2013

QUANDO SOMOS NÓS QUE COMPLICAMOS A VIDA






               POR QUE COMPLICAMOS
                   TANTO A VIDA?
    



               Vivemos o dia a dia sempre em busca de melhorarmos nossos caminhos. Quando estamos apaixonados, procuramos agradar o amado. Andamos como se estivéssemos pisando em ovos. Geralmente fazemos assim, quando estamos à beira do sono, quando a hora de dormir nos força a ir pra cama descansar o velho e bom esqueleto. Analisamos tudo o que fizemos no decorrer do dia, e quando é um final de semana, somos então mais rigorosos com nós mesmo, passamos um filme em nossas mente, buscando atos falhos, na esperança de não voltá-lo a repetir
                             Contudo, do outro lado há outros que vivem ao nosso redor, em especial o ser amado. Se vivêssemos num habitat apenas com a pessoa amada, tudo seria mais fácil de dominar a situação, pois a conversa entre duas pessoas, só tem uma saída, dizer ou dizer não. Quer dizer, aceita ou não aceita. Então com o passar do tempo as coisas iam clareando e nos fazendo ver, que o sim era o não e que o não é o sim.
                             Não seria tão mais fácil, dizermos te amo,e o outro lado, acreditar e corresponder esse amor? E quando o outro acreditasse que o amamos, não seria mais fácil acreditarmos no que estamos ouvindo e vendo? Então, por que nem sempre é assim. Nós mesmos, muitas vezes chegamos acreditar que somo amado ou querido? Digam pra mim, estou complicando? Não, eu acho que não, vocês estão me entendendo, pode até não está concordando! É que temos a mania de achar que sempre algo por trás, quando nos ajudam com algum benefício. Mas quando somos nós que colaboramos com outros, juramos que fazemos isso de coração.
                              Lembra quando falei, que não vivemos em dois apenas? Envolto, existem pessoas que de uma maneira ou de outra, influência nas decisões, que tomamos. Todos têm, sempre uma visão diferente da que temos sobre determinados assunto. E quando o assunto é amor?
                              Não é diferente, até dentro de casa, no eito familiar, é muito fácil das atitudes dos filhos influenciarem no cotidiano do casal. Muitas vezes, marca de um jeito que parece ficar pra vida toda.
                              Tudo é tão fácil de resolver, mas aí, complicamos tudo. Esta é a pergunta do tema desta crônica. "Por que complicamos tanto a vida?"  Não tem como mudarmos isso. Assim penso eu, por que? Por que não há como desfazermos dos que vivem em nossas vidas, e dos que fazem parte dela. Contudo, passar por cima dos obstáculos que nos é impostos, nada mais é do que nossa obrigação, para termos uma vida melhor. Um coração cheio de amor, facilita e muito a vida dos que dizem que nos ama, e a nossa principalmente. Vivemos sim, para resolvermos as complicações, e assim descobriremos que é muito menos difícil, quando temos boa vontade, e amarramos o amor à humildade.
                                Que graça teria a vida, se não vivêssemos em busca das soluções dos problemas? Não é verdade, que se há problema, é por que existe uma solução?  Então, quem está do seu lado, para pensar igual você? Isso quer dizer que você também está ao lado de outro. Pense igual ele. Não? É aí, é que está o x da questão. Ainda bem, que complicamos a vida. Ou não?
                                 O que nos dói por dentro é saber que as coisas poderiam ser muitos mais descomplicadas. No começo de um dia, se preparar para o trabalho, e no trabalho as facilidades estarem lá. Na volta do trabalho para casa as portas estarem abertas nos esperando apenas para o amor.
                                 Para tentarmos fazer disso uma realidade, está ao alcance de todos, a paz está ao alcance de todos, o amor está ao alcance de todos. Basta fazermos do mundo, o habitat para apenas duas pessoas. Se isso não for possível, é bom sermos fortes para destrinchar o mundo que nós criamos e vivemos.  
                              
                               
       

Publicação em destaque

A DISTÂNCIA E A SAUDADE

CRONICA                      ADISTÂNCIA E A SAUDADE     A vida começa na concepção do amor. São muitas brincadeiras, risos e palha...