Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

Número total de visualizações de página

domingo, 9 de junho de 2013

"QUEM SOIS?"

CRÔNICAS




                                    "QUEM SOIS ?"



- Eu acredito que pra tudo no mundo tem ou há uma explicação, porque se assim não fosse, não havia sentido a busca de respostas. A pergunta que é título desse texto, abre aspas para inúmeras respostas, em todos os âmbito possíveis: "espiritual, carnal, charadas, respostas profundas e banais, relevantes e irrelevantes, etc, etc. E nestas, talvez, infinidades de respostas, nos leve a exatamente ao mesmo lugar que partimos". 
- Quem és? Quem somos? Todos têm conceitos e sensações diferentes, pensamentos  e filosofias de vida únicas:  E assim as defendem. Creem que vivendo de tal manira a fazer uso dos três princípios: sensação, conceito e filosofia de vida; Estão no caminho certo, apenas a um passo da felicidade. Este assunto é tão controverso que ouvimos pessoas sempre dizerem: "olha, eu não conheço nem a mim mesmo". Você está entre essas pessoas? Bem, deixe que o futuro responda e certifique estas respostas... Muitas vezes  não conhecemos nem a nós mesmo, como vamos conhecer os outros?
- Tem pessoas que são ressabidas, outras ingênuas, outras espertas, outras simplórias e outras inteligentes... Inteligentes! Será que existe alguém inteligente quando se trata de decifrar a mente humana?
- Como se diz, na escola da vida o melhor professor é o mundo". Com o mundo, aprendi desde muito cedo, que todas pessoas são boas e confiáveis até que se prove o contrário. O problema é o alto preço que se paga por acreditar nisso. Tanto assim penso eu, que já nem sei se o mundo é esse bom professor tão elogiado por todos.
- Dizem que "pra tudo que é complicado e necessite de uma possível solução, é preciso que haja jogo de cintura". Contudo, em que pese o fato de está correto, este DIZER, é inadmissível, pois é usado como sombra para esconder uma dupla personalidade. Mais agravante ainda é a falta de caráter, quando se passam por cordeiros e na verdade são lobos cruéis e frios. Transformam-se em pessoas egoístas; Fazem de outros, escadas para alcançar o sucesso. Como conhecer o perfil de tal pessoa? Infelizmente, só são conhecidos quando a punhalada já está cravada em nossas costas.
- Têm várias coisas denominadas como infinito, o universo, os números grãos de areia do mar, as estrelas, etc. A falsidade se encontra nesse rol. Pra falsidade, acredite, não existe limite!
- Numa linguagem vulgar, chamamos pessoas assim de traíras e, seus atos de, trairagem. Já quase perdi emprego e quase fui preso, por causa de pessoas que eu acreditava serem legais. E não foram apenas duas vezes que ocorreram situações como essas. HOJE, aprendi que a qualquer momento podemos levar uma punhalada nas costas (ser vítima de trairagem). São pessoas que estão sempre sorrindo com você, pra você; Estão apertando nossas mãos em forma de cumprimento. Passam suas mãos em nossas costas como se tivessem demonstrando carinho... todavia levam entre os dedos, garras pontudas, prontas para cravarem a qualquer momento.
- Muitas vezes são pessoas que por várias vezes você ajudou-os, fez-lhes favor, emprestou algo ou dinheiro, etc. O troco, a recompensa? Eles nos entregam às cobras, falam mal da gente pelas costas; Almejam subir na vida financeiramente, profissionalmente, socialmente, não importam onde pisam. Pra eles, não quer dizer nada se nosso destino é a sarjeta.
- É possível que você também tenha sido vítima desse tipo de pessoa, ou conhece alguém que já foi. Após tanta cacetada na vida aprendi que não é possível conhecer essas espécies. Mas o nosso belo professor "mundo" me ensinou uma frase que devemos levar à risca, quando detectarmos essas víboras: "QUANDO NOS DEPARARMOS COM COBRAS, SÓ TEMOS DUAS OPÇÕES PARA NÃOS SERMOS PICADOS: A MATAMOS OU NOS AFASTAMOS". Como não podemos matá-las então que nos afastemos.
- Está aí, a importância de sabermos quem somos, porque de que jeito e como subimos, o risco da queda é iminente. Aprendi que a vida não é só de subida, alegria e saúde. Ela contém descida, tristeza e doença. Os traíras (cobras) também não estão imune a isso.
- Afinal, QUEM SOIS? Ainda assim eu continuo acreditando nas pessoas! Acredito em você!



                                                                         Cavalcante,   31 de maio de 2005


GOSTOU? COMPARTILHE, CURTA, COPIE E COLE, ENVIE AOS AMIGOS.

Publicação em destaque

A DISTÂNCIA E A SAUDADE

CRONICA                      ADISTÂNCIA E A SAUDADE     A vida começa na concepção do amor. São muitas brincadeiras, risos e palha...