Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

Número total de visualizações de página

sexta-feira, 14 de julho de 2017

DEMOROU MAS APRENDI

POESIA/ DE AMIGOS



                                                           *** DEMOROU, MAS APRENDI ***
Aprendi:
Que amores eternos
Podem acabar numa noite,
Que grandes amigos
Se podem tornar ferrenhos inimigos,
Que o amor,
Sozinho,
Não tem a força que imaginei,
Que ouvir os outros
É o melhor remédio,
Mas alguma vezes o pior veneno,
Que nunca conhecemos
Uma pessoa de verdade,
Afinal gostamos a Vida inteira,
Para conhecermos a nós mesmos,
Que a confiança,
Não é um artigo de luxo,
E sim de sobrevivência,
Que os poucos amigos
Que te apoiam na queda
São muito mais fortes
Do que os muitos te empurram,
Que o "nunca mais" nunca se cumpre,
Que o "para sempre" sempre acaba,
Que a família,
Com as suas milhares diferenças,
Está sempre aqui quando preciso,
Que ainda não inventaram nada
Melhor que o colo da mãe,
Desde que o mundo é mundo,
Que vou sempre me surpreender,
Seja com outros ou comigo,
Que vou cair
E levantar milhões de vezes,
E ainda não vou ter aprendido tudo...!!!
Alves Fernandes Zémanel (14/7/2017)
(17795)

Publicação em destaque

A DISTÂNCIA E A SAUDADE

CRONICA                      ADISTÂNCIA E A SAUDADE     A vida começa na concepção do amor. São muitas brincadeiras, risos e palha...