sábado, 10 de setembro de 2016

IMPEACHMENT, INJUSTIÇA?

CRÔNICA


            IMPEACHMENT, INJUSTIÇA?



- A palavra injustiça que dizer que: "Ação e/ou comportamento que se opões a justiça". Mas o que é justo quando se trata do mundo político? Foi a Dilma injustiçada quando caçaram seu mandato? Analisando friamente os motivos que fizeram que ela caísse do mais alto pedestal do poder, realmente parece injusto. A forma como foi tratado internamente quando se esconderam por detrás do livro da constituição, os motivos alegados e por parte de quem foi tomado as iniciativas e endorsados pelos corruptos e ladrões de plantão. Via-se claramente nas declarações dos corruptos que queriam a cabeça da presidente, o real motivo do porque querer o afastamento dela... E quanto mais o tempo passava na história de se seguir o protocolo, mais eles se uniam no intuito de derrubá-la. Ou seja, eram favas contadas. Eles sabiam que de um jeito ou de outro, com a queda da Dilma matariam vários coelhos com um cajadada só e uns desses coelhos seria o fim ou a desaceleração da operação LAVA JATO, que estava mandando muitos deputados, senadores, ministros, empresários etc para cadeia..., sem contar a ambição dos partidos em retomar o mais alto degrau da côrte. 
- Vou falar pra vocês, eu nunca vi em minha vida alguém ser levado para o abate ( com a exceção de Cristo) olha para o céu e dizer: Deus perdoa que eles não sabem o que fazem. Mesmo porque no caso do impeachment, a corja toda sabiam o que estavam fazendo. 
- Para ilustrar esse caso vou citar dois exemplos na vida animal: Me lembro na época em que minha mãe ia no terreiro pegar uma galinha para matar, a ave fugia desesperadamente parecendo que estava adivinhando o seu triste fim, e quando ela estava entre os braços -presa- a falinha cacareja parecendo lastimar e tentava de um jeito ou de outro se desvencilhar. O outro exemplo é, quem já morou no interior sabe do que estou falando, muitas vezes nós éramos surpreendidos  com estridentes grunhido do suíno, era o pobre animal sendo puxado por uma corda para o abate, e ele ficava as quatros patas no chão e grunhia ensurdecedoramente como que pressentindo o triste fim dele.
- Citei esses dois exemplos para comparar com o que aconteceu com a Dilma, em nenhum momento a vi esperneando ou melhor, lutando para evitar que a levassem para o enforcamento. Então caçaram sua cabeça, e hoje se encontra no poder o seu vice. A única coisa que ela se limitava a dizer que se tratava de um golpe, e que ela não tinha cometido irregularidade nenhuma.
- O problema é que ela estava sendo julgada e quem estava querendo arrancá-la do poder, não era apenas a sociedade, sociedade essa que foi ludibriada pelo poder demagogo dos corruptos que lá estão. Eles os réus comprovadamente pelo ministério público e pela polícia federal.
- Se a Presidente passou por cima do congresso, ela passou sozinha? Ela teria esse poder? Se teria por que ninguém se manifestou, e se não teria por que o congresso consentiu? Estariam dando corda à presidente para depois arrancarem-lhes a cabeça? Acredito que esse tipo de atitude tomada pela presidente, teve sim o aval de seus aliados e de todos que fazem ou faziam parte da cúpula, Quem acredita que a Dilma se trancafiou no quarto dela e de lá saiu com o documento em mão, assinados pronto para aprovar o que diz o documento abaixo?
Resultado de imagem para imagem do documento assinado por Dilma nas pedaladas

- O problema maior foi a covardia da então presidenta. Ela não teve coragem de abrir a boca para dizer o que realmente estava acontecendo. É inexplicável sua mudez. Como é que ela se deixava ser julgada por um bando de corruptos e ladrões do congresso e não dizia nada? Ou a presidente não sabe o que acontece nos bastidores do seu mundo? Ela não pode continuar se acovardando e manter-se calada. De certa maneira ela entregou o país para os que estavam lesando os cofres públicos. Isso sim é uma injustiça para com a nação. Ela tem por obrigação jogar m... no ventilador, e que a verdade venha à tona para que a nação saiba realmente o porque ela não reagiu tal qual animais que citei no começo dessa crônica. Ela, Dilma Rousseff, deve isso ao Brasil.


     Resultado de imagem para imagem do documento assinado por Dilma nas pedaladas

Publicação em destaque

A DISTÂNCIA E A SAUDADE

CRONICA                      ADISTÂNCIA E A SAUDADE     A vida começa na concepção do amor. São muitas brincadeiras, risos e palha...