quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

TERROR NA FRANÇA

CRONICAS






                 REFÉM DO TERROR

 

                                         O dia começa sempre com a esperança de que tudo vá caminhar na normalidade, que os projetos serão um sucesso. Podemos dizer até que dessa vez o remédio que tomamos para dor de cabeça, faça efeito. Acordamos todos os dias nunca pensando no mal, pelo contrário, até o que foi mal resolvido no dia de ontem, tem-se como objetivo o aprimoramento no dia de hoje. Vivemos na busca da perfeição. Procuramos atrair coisas boas e espantar os maus pensamentos, buscamos sempre a positividade; Talvez isso não ocorra seguidamente, mas com certeza o pensamento que sai do nosso coração é que tudo caminhe na mais perfeita harmonia.

                                           Indo direto ao ponto, podemos dizer que sempre tem uns imbecis que mexem na cronologia da vida, dando novos rumos aos destinos que traçamos ao acordar. É verdade, existem no mundo inteiro homens que nesse momento estão sentados ou em pé nos seus escritórios ou nos seus laboratórios buscando soluções para que as melhorias na vida das pessoas sejam uma realidade. Por exemplo, está tentando aperfeiçoar a fórmula de alguns remédios, e criando novos medicamentos. Realmente nosso mundo está repleto de pessoas em variados setores de profissões que vivem para proporcionar o bem-estar à sociedade.

                                           Note que para o bem, nunca dizemos que somos refém desses homens que buscam o melhor para o povo. Naturalmente, acreditamos que faça parte da obrigação humana. Nós homens de bem, mexemos também na cronologia da vida, mesmo que nunca busquemos reconhecimento disto. Contudo não levamos ninguém ao sofrimento e não fazemos parte da monstruosidade. De certa maneira é muito bom que o bem não chame e não atraia as atenções. Podem-se fazer milhares de coisas boas, mas a disputa entre o bem e o mau, é uma luta pra lá de injusta. Isto porque, neste caso prevalecem as cicatrizes do mau. É como se unissem forças os dois fatores; eles andam lado a lado. O bem anda sempre só, e o mal está sempre ligado ao mau! E como que em uma luta covarde, o mal unido com o mau derrotam o bem, sem esforço algum. Por que estou falando tudo isso? Porque ontem dia 07 de janeiro de 2015, o mundo foi atacado mais uma vez por esses dois indivíduos! O mundo inteiro chora o triste atentado que ceifou mais de 12 (segundo a imprensa francesa) vidas no velho continente.

                                          Terroristas islâmicos, acreditando que são deuses, resolveram calar a voz de pessoas que tinham suas vidas dedicadas a passarem informações ao mundo. Profissionais que acreditavam ser esta uma alternativa de abrir a mente das pessoas, e assim mostrar que todos são capazes de viver melhor quando sabem o que está acontecendo ao seu redor. Os atos desses monstros deixaram o mundo em luto. Não só pelo fato, de terem matados os jornalistas. Porque gente mata gente todos os santos dias. Morre gente a cada minuto, seja por uma queda de avião, ou desastres naturais, etc. Mas o que levou esses terroristas a dá cabo na vida dos jornalistas? Assassinato nenhum é justificável, e neste caso não seria diferente. Temos a sensação que as leis do mundo são frágeis, não tem valor. Ninguém hoje tem mais medo de ser preso, de pegar prisão perpétua, de ser condenada a morte. Tanto imploramos para que se criem leis mais severas, leis mais justas. Infelizmente parece que essa luta também é em vão, o homem resolveu assumir de vez seu lado animal irracional, não se importam com as consequências de seus atos. Sem dúvida, por tudo tornamo-nos REFÉM DO TERROR, reféns da imbecilidade humana. De qualquer maneira é importante que se faça cumprir a lei quando estes monstros forem capturados. Sabemos que nada será de consolo para os familiares das vítimas, pois a dor da perda é indivisível. Mas a impunidade é pior, ela age como um punhal encravado no coração dos enlutado, neste caso no coração do mundo!
 
GOSTOU? PASSE ADIANTE, CURTA E COMPARTILHE COM OS AMIGOS NAS REDES SOCIAIS. (http;//400anosolivro.blogspot.com.br/)  CRONICAS&POESIAS

Publicação em destaque

A DISTÂNCIA E A SAUDADE

CRONICA                      ADISTÂNCIA E A SAUDADE     A vida começa na concepção do amor. São muitas brincadeiras, risos e palha...