Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

Número total de visualizações de página

sábado, 16 de março de 2013

parecendo uma dor de má digestão, uma agonia que achava eu, no momento do vômito a dor passaria; Vomitei, mas a dor não passou. A dor acompanhada de um forte e intenso suor. A palidez tomou conta do rosto e corpo. "É só vomitar e jogar a comida fora, e logo essa dor na boca do estômago vai embora" - pensava eu, enquanto sofria. As horas passando e a dor incomodando... Até que eu consegui vomitar, mas a comida não veio, apenas água. Á meia noite a dor diminuiu e com muito cansaço consegui dormir um pouco. Às 4h00mi da manhã a dor voltou a importunar, dessa vez com menas intensidade, porém não dormi mais. Acordado até as 6h00mi, quando resolvi passar no médico. Às 7h40mi dei entra no posto; Ao contar o ocorrido a médica me pediu alguns exames (eletrocardiograma e de sangue). Pra que? "pensava eu" -, se o problema é estomacal? -Seu eletro deu anormal sr. Osvaldo, vou lhe encaminhar para fazer uns exames mais detalhado. - Disse a médica, olhando por cima dos óculos. 
                    Mesmo sendo muito perto o posto do hospital, fui fazer os outros exames, conduzido por uma ambulância. Logo estarei em casa - pensei - alguns remédios e a dor vai embora e descanso o resto do feriado ( aniversário da cidade de São Paulo, 25/01/12) com a família- Na UBS, já haviam me ministrados três injeções e um soro. Eram quase meio dia quando passei por outro médico, que já se encontrava de posse dos novos exames... Quando me deu a notícia que o mal-estar era um infarto no miocárdio. Apartir de então, fiquei internado por dois dias na emergência com aparato de urgência. Haja injeção e comprimidos a todo momento e tubo de oxigênio no nariz. A internação já estava feita. E aos cuidados médicos, eu era um infartado a espera de novos exames, para ver o tamanho do estrago que havia sofrido o coração e, também, a causa do infarto

Publicação em destaque

A DISTÂNCIA E A SAUDADE

CRONICA                      ADISTÂNCIA E A SAUDADE     A vida começa na concepção do amor. São muitas brincadeiras, risos e palha...